Fiéis da Assembleia de Deus Ministério de Madureira celebra os 23 anos da instituição em Tarauacá com a realização do XXIII congresso unificado

No último final de semana, a ADM TK sob a égide do Pastor Brito realizou o XXIII congresso unificado da instituição. O evento é alusivo à festividade dos 23 anos da criação da Igreja na cidade de Tarauacá, dos quais sete anos são presididos pelo pastor Brito- um recorde, pois os demais não ficaram quatro anos à frente da obra na terra do abacaxi.  

 Ao expor sua mensagem aos fiéis, Raimundo Brito, líder da igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira em Tarauacá, uma das instituições religiosa do seguimento evangélico que mais cresce no município, disse: “Ninguém pode parar a macha vitoriosa de uma Igreja unida”.  A frase do condutor do rebanho não tem apenas um significado emotivo, mas também traduz em números positivos o crescimento extraordinário durante estes sete de Brito no comando da ADM. Ao todo foram criadas 22 congregações nos mais diversos lugares de Tarauacá. As congregações estão edificadas na BR, nos ramais, rios e igarapés do município. 

Pastor Raimundo Brito

Segundo informações da direção da ADM TK, são mais de mil membros, dos quais 15 são ministros (os evangelistas- pastores e pastoras), 205 obreiros, cerca de 120 diáconos e diaconisas, cem cooperadores e aproximadamente 70 presbíteros. As pessoas que assumem estes cargos são os responsáveis por difundir as escrituras sagradas, bem como auxiliar diretamente o pastor presidente.

Além disso, a instituição possui um núcleo teológico com quarenta alunos matriculados, quatro departamentos: de senhora, o infantil, de mocidade e o de assistência social.

Segundo Brito, o departamento de assistência social da Igreja já promovendo o trabalho de beneficência na comunidade, todavia, este trabalho será fortalecido ainda mais quando os oito jovens que estudam medicinas retornarem de seus estudos. “Além de evangelizar, a Igreja poderá ofertar atendimentos à sociedade, principalmente na área da saúde, algo tão carente no país”, comentou.

O nome congresso unificado é porque une os departamentos de oração e mocidade.  Tem ainda, a reunião anual de obreiros, cujo objetivo é renovar a mesa diretora e definir as metas as serem cumpridas no próximo ano.

O evento contou com a presença do pastor João, de Cruzeiro do Sul, do evangelista Hernandes, de Plácido de Castro, e da cantora Jiumara, de Rio Branco.

Por Leandro Matthaus

Fotos cedidas pelo Maksuel Carmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *