Accioly e o baile de voto nos candidatos da máquina administrativa do Estado e do Município

Embora não tenha sido eleito deputado estadual, a votação espontania que o professor Accioly recebeu em Tarauacá, deixou muitos candidatos apoiados pela máquina administrativa do Estado e da Prefeitura a ver navios. O baile de voto que  o radialista e professor deu no  candidato da professora Francisca Aragão ( Daniel Zen /PT) e no candidato da prefeita Marilete Vitorino ( Nicolau Jr / PP) foi igual a goleada do PSG no Lyon, de cinco a zero.

Nas urnas da sua terra natal, Accioly conquistou 716 votos apenas  pelo seu trabalho, sem prometer emprego ou qualquer coisa do tipo.  

Para se ter ideia do poder de voto do Accioly , sem a mínima estrutura, basta  comparar com a de outros candidatos, por exemolo, Nicolau Jr com  o apoio  da  chefe do executivo local  obteve 340 votos.  Já o petista Daniel Zen, apoiado pela professora Francisca Aragão, que  coordena  o Núcleo de Educação do Estado no município, tirou 300 votos.

Outro candidato apoiado por Marilete Vitorino que teve menos votado que o educador foi Marivaldo Melo ( PSD), candidato à Câmara Federal. Em Tarauacá, ele teve 640 votos. 

Por Leandro Matthaus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *