Jesus Sérgio pode entrar para a lista dos seletos tarauacaenses que foram eleitos deputado federal

Em pura ascensão política, aliás, meteórica, Jesus Sérgio (PDT, o deputado estadual mais produtivo da ALEAC em 2017, pode  entrar para o seleto grupo dos que possuem não apenas o gentílico tarauacaense no documento, mas também tem sua trajetória de vida ligada com a cidade e a política local, a serem eleitos para deputado federal.

Eleito vereador em 2012, o mais votado do pleito; em 2014 chega à ALEAC como o mais votado em Tarauacá, agora seu voo é em direção à Câmara Federal, numa chapa formado por partidos nanicos, na qual sua legenda é a maior dentre as demais. Uma vez que desde o pleito de 2014, tem sido a segunda sigla mais votada no campo proporcional. Ficando atrás apenas do PT que comanda o Estado há 20 anos.

Caso seja eleito, Jesus Sérgio passa a fazer parte de uma lista que inclui Ruy Lino, Nabor Teles Júnior e Adelaide Neri.  Com vínculo político ligado com a política da terra do abacaxi, Adelaide foi a última a ser eleita por Tarauacá. No entanto, Nilson Mourão, que é natural de Tarauacá mas com reduto em Rio Branco, foi eleito em 2006.

Por Leandro Matthaus