terça-feira, outubro 27, 2020

Até quando os cidadãos tarauacaenses serão reféns do crime?

A onda de assaltos nos comércios de Tarauacá, cidade distante da capital a 430 km, tem deixado a população horrorizada com a forma que é roubada.  Uma verdadeira tragédia na segurança pública para um município que tem uma população com cerca de 25 mil habitantes na zona urbana. 

Em menos de uma semana, cinco assaltos foram praticados no comércio local, um sequestro, além de outros  delitos praticados pelos sujeitos à margem da lei. Bandidos de punho de armas que na grande maioria são reservadas ao uso exclusivo das Forças Armadas do País, chegam, abordam e levam todo o dinheiro dos trabalhadores, quando não praticam outro tipo de violência. 

Mesmo diante de toda essa violência o Estado fica inerte. Não dá uma resposta a altura da qual todo cidadão de bem espera. Essa criminalidade não é exclusividade de Tarauacá, mas o receio  é  explicado, porque até dias atrás vivíamos numa cidade pacata. Na qual dezenas de comerciantes ficavam até altas horas com o comércio de portas abertas, outros ficavam nas praças, ou na calçada de casa papeando, porém, isso tornou-se quase proibido, mesmo sem que haja uma ordem dizendo que ninguém faça mais, optaram por não fazer, pois o medo é a lei que impera na terra do abacaxi. 

Até quando criminosos ditarão as regras na cidade? Até quando o governo assistirá tudo inerte?

Por Leandro Matthaus 

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...