sábado, outubro 24, 2020

Jordão: Há 26 anos o município é comandado por duas famílias

 

O município de Jordão, localizada no interior do Estado, festejou no dia 28 de abril seu vigésimo sexto aniversário. Durante estes 26 anos, este recanto de terra brasileira vive a política do café com leite, igualmente como viveu o Brasil nas três primeiras décadas do século XX, com uma pequena peculiaridade.

Após a proclamação da república, em 15 de novembro de 1889, os cafeicultores , de São Paulo, e os fazendeiros, de Minas Gerias, se revezaram no comando do País. Esse modo de governar ficou conhecido como a república velha ou política do café com leite. Até o pacto ser quebrado em 1930 na eleição de Júlio Prestes (SP) contra Getúlio Vargas (RS). Prestes, o candidato da Oligarquia paulista venceu, mas não assumiu devido a revolução de trinta que levou o gaúcho ao poder.

A história jordanense é parecida com a política que predominou a política nacional lá no início do século passado, como sua peculiaridade, como frisado no primeiro parágrafo. No dia 28 de abril de 1992, oito vilas foram elevadas a categoria de município no governo de Edmundo Pinto, dentre os quais Jordão. É a partir dessa emancipação política que começa a vigorar a política familiar na cidade, que defino como política do café com leite.

Antes de vir a ser município, duas famílias já ditava as regras sobre essa terra: os Farias e Melos, patrões dos seringueiros jordanenses. A pacata cidade ganhou novos status, contudo, eles permanecem dando as cartas.

O primeiro prefeito de Jordão foi Hilário de Holanda Melo (1993/96). Depois assumiu Esperidião Júnior tendo como vice-prefeito Turiano Farias. Com a cassação do titular, Turiano assumiu o município, ficando no cargo até 2004. A peculiaridade entre a história local e a nacional ocorre porque estas famílias no início eram adversárias até 2008, final do segundo mandato de Hilário Melo. Mesmo assim vinham se revezando no executivo.

Em 2008, Melos e Farias uniram-se na disputa do poder. O primeiro chefe do executivo venceu mais uma vez, desta vez com um [ Élson] Farias na chapa na qualidade de vice, posteriormente foi eleito e reeleito prefeito.

A política familiar jordanense não detém apenas o controle do executivo, no legislativo essa força também impera. Na primeira gestão de “Seu Melo” como é conhecido o homem que mais tempo ocupou a chefia do executivo local, sua esposa Lucimar Figueiredo foi presidente da Câmara (1993/940), no segundo mandato Melo teve como presidente do legislativo seu cunhado Ademir Batista, que hoje é vice de Élson. Turiano também teve o sobrinho Auton Farias na presidência da Câmara quando assumiu em 1999. 

O prefeito Élson não pode se queixar dessa falta de sorte, sua cunhada Meire Sérgio é a presidente da Câmara na atualidade.

Assim constitui-se a governança local: os Melos juntos com o Figueiredos formam uma única família (hoje) sanguínea e política, aliados aos Farias que através de Élson agregou-se aos Sérgios, formando uma grande aliança para governar a cidade. Fora dessa órbita familiar só comanda o executivo via milagre.

Por Leandro Matthaus  

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...