Enem 2017: veja o que é preciso levar e o que é proibido no local de prova

Provas só podem ser feitas com caneta preta de tubo transparente. Veja a lista de itens proibidos e quais documentos de identificação serão aceitos. 

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começa no domingo (5) com portões abertos a partir das 12h. Mas, para entrar no local de prova e poder encarar as 90 questões de linguagens e ciências humanas, é preciso prestar atenção a alguns detalhes que podem fazer a diferença. Separar o material necessário para os dias de provas é uma das tarefas importantes (veja abaixo o resumo em tópicos).

 O motivo da eliminação de dois em cada dez participantes no ano passado tem relação com o fato de “portar lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impresso, anotações e etc.”. 

MOTIVOS DE ELIMINAÇÃO 

1. Não marcar o tipo de prova e não escrever a frase ou marcar mais de um tipo de prova e não escrever a frase – 44,35 % 

2. Portar lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos, anotações e etc – 19,77 % 

3. Ausentar-se das sala de provas sem o acompanhamento de um aplicador, ou ausentar-se em definitivo antes de decorridas duas horas – 9,10%

4. Portar, após ingressar na sala de provas, qualquer tipo de equipamento eletrônico ou de comunicação – 7,41% 

5. Não cumprir as instruções contidas na capa do caderno de questões – 4,47%

6. Não guardar equipamentos eletrônicos em embalagem porta-objetos – 4,05%

 7. Não atender as orientações da equipe de aplicação – 2,61% 

8. Não manter a embalagem porta-objetos embaixo da carteira durante a realização das provas – 1,57%

 9. Prestar, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata – 1,33%

10. Outros – 5,32% 

O QUE PRECISA LEVAR 

– Documento original com foto na validade (não vale carteirinha de estudante ou certidão de nascimento) 

– Caneta preta de tubo transparente 

– Cartão de confirmação impresso: contém data e local da prova. Está disponível na página do participante, no site do Enem 

O QUE É BOM LEVAR

– Água 

– Alimento (lanchinhos leves, como fruta ou sanduíche, em pote transparente; alimentos industrializados lacrados) 

– Cartão de confirmação impresso (ele não é obrigatório) 

O QUE É PROIBIDO 

– Lápis, borracha, calculadora 

– Fone de ouvido 

– Óculos escuros 

– Boné, chapéu, gorro 

– Aparelho eletrônico, como celular, tablet 

– Relógio

 – Livros e anotações 

SE LEVAR ALGUM DOS OBJETOS:

 Colocar os objetos proibidos, como celular, dentro do envelope lacrado, embaixo da carteira, que será dado pelo fiscal. 

Confira os detalhes 

O edital do Enem deixa claro quais são os objetos permitidos e proibidos durante as provas. Por exemplo: candidatos não poderão fazer o exame vestindo boné ou qualquer tipo de aparelho eletrônico. Além disso, fazer o Enem a lápis ou com caneta azul ou colorida é um critério para a eliminação: o Enem só pode ser feito com caneta preta esferográfica e de tubo transparente.

 Outros itens que devem ficar fora das salas, segundo o edital, são borracha, apontador, lapiseira, grafite, livros, manuais, impressos, anotações, máquinas calculadoras e agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, pagers, bip, walkman, gravador, mp3 ou similar, ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens. 

Documentos de identidade 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirma no edital que nem todos os documentos de identidade serão aceitos no Enem. Eles precisam ter foto de identificação e ser expedidos por autoridades específicas. Veja abaixo a lista de documentos que os candidatos poderão usar nos dias de provas: 

Cédulas de identidade (RG) expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pela Polícia Federal; 

-Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, em consonância com a Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997; 

– Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenham validade como documento de identidade; 

– Carteira de Trabalho e Previdência Social, emitida após 27 de janeiro de 1997; 

– Certificado de Dispensa de Incorporação; 

– Certificado de Reservista;

– Passaporte; 

– Carteira Nacional de Habilitação com fotografia, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997;

 – Identidade funcional em consonância com o Decreto nº 5.703, de 15 de fevereiro de 2006

 Documentos não permitidos 

 Protocolos, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Título Eleitoral, Carteira Nacional de Habilitação em modelo anterior à Lei nº 9.503/97, Carteira de Estudante, Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani), crachás e identidade funcional de natureza privada, nem documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados, ou ainda, cópias de documentos válidos, mesmo que autenticadas

 Exceções 

De acordo com o edital do Inep, é possível que um candidato faça o Enem sem apresentar um documento de identidade válido, mas só em casos “extravio, perda, furto ou roubo” do documento. Porém, para conseguir essa permissão é preciso apresentar, no local de provas, um boletim de ocorrência feito com menos de 90 dias de antecedência do exame. Além disso, o candidato precisará passar por um processo especial de identificação, com o fornecimento de outros dados pessoais, e assinar um formulário específico.

 Cartão de confirmação 

Caneta preta e documento de identificação são os únicos itens obrigatórios para fazer o Enem. Mas o Inep recomenda que os candidatos levem, impresso, o cartão de confirmação, já que ele contém todas as informações sobre a inscrição, como o local de provas, o endereço exato e o número da sala em que o participante fará o Enem. 

FONTE: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *