sexta-feira, janeiro 15, 2021

Com venda de livros, deputado pretende comprar cadeira de rodas para jovem

A obra custa apenas R$ 30,00 e os interessados devem comentar a publicação no Facebook.

O deputado Moisés Diniz (PCdoB) laçou uma proposta na manhã de terça-feira (26) para ajudar a estudante de 23 anos, Tailine da Silva Marques, que foi baleada após uma tentativa de assalto no dia 10 de agosto e precisa de uma cadeira de rodas, devido o acidente que tirou parte de seus movimentos. 

O parlamentar, que lançou o livro “O Santo de Deus”, nos últimos dias, fez uma publicação em seu perfil no Facebook, com a campanha “Compre um livro e ajude Tailine”. Cada exemplar vendido, contribuirá para a compra do equipamento adequado.

A obra custa apenas R$ 30,00 e os interessados devem comentar a publicação manifestando interesse, citando nome e telefone, ou clicando AQUI.

“A comunidade está organizando uma rifa pra aquisição de uma cadeira de rodas especial e eu vou contribuir com a venda do meu livro”, escreveu Diniz.

Tailine ficou com a bala alojada na coluna e não tem chances de voltar a andar, de acordo com a equipe médica.

Fonte: oaltoacre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Órgãos federal e estadual recorrem de decisão que impede melhorias no Mais Médicos no Acre

O Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Acre (MP/AC) e a Defensoria Pública da União (DPU), entraram com recurso contra decisão da Justiça...