segunda-feira, janeiro 18, 2021

Heitor Júnior comemora alteração do tratamento de Hepatite C na rede pública

O deputado Heitor Júnior (PDT) anunciou na sessão desta terça-feira (5) que o Ministério da Saúde alterou o modelo de tratamento da hepatite C para pacientes da rede pública. A ideia, segundo o parlamentar, é passar a ofertar a terapia composta pelos medicamentos Sofosbuvir, Declatasvir e Simeprevir para todos os pacientes diagnosticados com a doença, independente do grau de comprometimento do fígado.
“Antes, esses medicamentos eram utilizados no SUS apenas para portadores de HIV, pessoas que passaram por transplantes ou pacientes mais graves, o caso daqueles hoje chamados de F3 e F4, categorias mais avançadas na classificação utilizada para medir os danos no fígado devido à doença. Agora, a proposta é passar a incluir os pacientes diagnosticados com graus mais leves, como os F2, que hoje utilizam outros medicamentos com menor chance de cura. Os pacientes de hepatite B também receberão o tratamento”, destacou.

Ainda de acordo com o pedetista, pacientes diagnosticados como F2 passarão a ser atendidos já a partir do primeiro semestre de 2018. “A estimativa é que de 80 mil a 90 mil pessoas estejam nesse grupo. Em seguida, serão incluídos os pacientes com graus F0 e F1, casos geralmente assintomáticos. Atualmente o Acre já tem mais de 1.200 pessoas curadas do vírus da hepatite C, com a quebra desse protocolo muitas pessoas poderão ser curadas através do acesso imediato ao tratamento”, frisou.

A mudança no protocolo ocorre também diante do avanço no tratamento de pacientes indicados para receber os medicamentos Sofosbuvir, Declatasvir e Simeprevir, incorporados ao SUS em 2015. Segundo a pasta, esses medicamentos apresentam chance de cura de 90%. Já os anteriores, que eram remédios antivirais combinados ao Interferon, tinham índice de cura de 47%. Com a mudança, a estimativa é passar a oferecer o tratamento para cerca de 135 mil pessoas diagnosticadas com hepatite C até o fim de 2018.

(Agência Aleac)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Órgãos federal e estadual recorrem de decisão que impede melhorias no Mais Médicos no Acre

O Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Acre (MP/AC) e a Defensoria Pública da União (DPU), entraram com recurso contra decisão da Justiça...