sexta-feira, setembro 25, 2020

Acre amplia vacinação contra o HPV para homens e mulheres até 26 anos após determinação do Ministério da Saúde

Homens e mulheres de 15 a 26 anos agora podem tomar a vacina contra o HPV nos postos e saúde do Acre. A determinação, em caráter temporário, foi divulgada pelo Ministério da Saúde na sexta-feira (18) e confirmada neste sábado (19) pela gerente de Imunização do Acre, Dora Holanda.

O Ministério da Saúde afirma que decidiu ampliar o público para evitar o vencimento de vacina em estoque que tem validade até agosto e setembro deste ano. Ao G1, Dora informou que aguarda o balanço da quantidades de vacinas em estoque na capital, Rio Branco, mas afirma que não há risco de que vacinas sejam estragadas no interior do estado.

“Há muitos municípios que nem tem mais a vacina. Uns seis meses antes do vencimento a gente já montou várias estratégias para garantir a utilização, pois a vacina é muito cara. Há cidades que têm dez doses, em outras 40, mas todos devem fazer ações nas escolas na próxima semana. Aqueles que não conseguiram fazer na faixa etária prioritária de adolescentes orientamos que podem ser aplicados em homens e mulheres de até 26 anos”, afirma.

Para a faixa etária de 15 a 26 anos, a orientação do Ministério da Saúde é que o esquema vacinal seja feito com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses. As pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, vão ter as duas doses subsequentes garantidas no Sistema Único de Saúde (SUS).

Imunização

A gerente não soube informar o total de vacinas restantes no estoque e nem o número de pessoas vacinadas desde o início da campanha de imunização. De acordo com o Ministério da Saúde desde o início da vacinação, em 2014, até junho deste ano foram aplicadas 18 milhões de doses em mulheres de todo o país.

Na faixa etária de 9 a 15 anos, no mesmo período, foram imunizadas com a primeira dose 10,7 milhões de meninas o que corresponde a 74,7% do total de brasileiras nesta faixa etária. O esquema vacinal completo, de duas doses, foi recebido por 7,1 milhões de meninas, o que corresponde a 47% do público-alvo.

G1-Acre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...