quinta-feira, outubro 1, 2020

TARAUACÁ: REPRESENTANTES DAS FORÇAS DE SEGURANÇA DIZEM QUE ESTÃO PRONTOS PARA ATUAREM NA REALIZAÇÃO DE QUALQUER EVENTO NO MUNICÍPIO

Depois da polêmica gerada por uma decisão e uma declaração da prefeita Marilete de atribuir o cancelamento do Festival de Verão que seria realizado na praia do Rio Tarauacá, à falta de segurança no município, nesta terça feira foi a vez dos representantes das forças de segurança se manifestarem.

Assim como o Comandante do 7° Batalhão da Polícia Militar, Ten. Cel. Ruiz Almada, o Delegado de Polícia Civil Dr. José Obetânio, manifestou-se favoravelmente à realização do evento em questão, conforme texto abaixo:

Delegado José Obetânio

O delegado de Polícia Civil da cidade de Tarauacá, José Obetânio, vem a público esclarecer que a Polícia Civil estará com uma equipe reforçada de prontidão à disposição dos organizadores do Festival de Praia que esta na iminência de acontecer no município de Tarauacá.

A autoridade policial, lembra também que a orientação do secretário de segurança, Emylson Farias, é para que as forças policiais atuem conjuntamente a exemplo do fim de semana passado quando as forças de segurança estiveram presentes na realização do Festival do Açaí, em Feijó, cuja característica é semelhante ao Festival de Praia de Tarauacá e nenhuma ocorrência de relevo foi registrada a ponto de macular o sucesso do evento.

Por fim, o delegado ressalta que o Festival de Praia oferece entretenimento e laser à população que espera ansiosamente pela realização desta importante manifestação cultural.

Assim como em anos anteriores, o Estado/Polícia estará agindo firme para evitar quaisquer tipo de ocorrência que comprometa o festival.

Coronel Jeferson Ruiz (PM)

Já o comandante do 7º Batalhão da PM, responsável pelo policiamento em Tarauacá, Feijó e Jordão, coronel Jeferson Ruiz disse na manhã desta terça-feira, 15, que foi pego de surpresa com a decisão da prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, de cancelar o Festival de Praia do município por causa da falta de segurança.

Ao contrário do que disse a prefeita ontem, o comandante afirmou que em nenhum momento deu orientações para que o evento não fosse realizado em função da violência no município. Ele afirma que apenas pediu para que a prefeitura contratasse seguranças privados com o objetivo de ajudar a Polícia Militar durante o festival. A disponibilização de seguranças é normal em qualquer evento no estado.

Inclusive no Festival do Açaí, a gente reforçou o policiamento com a ajuda de seguranças contratados como é feito em todos os eventos. Isso aí foi uma surpresa pra mim. Eu acredito que tenha sido outras razões, outros motivos. Nós temos efetivo, temos policiamento”, lembrou

“Se a gente for por esse lado não pode ter mais evento nenhum em Tarauacá e em nenhum outro município. Nunca houve registro de incidente no Festival de Praia. Isso aí foi uma surpresa pra mim”, afirmou o comandante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...