domingo, setembro 20, 2020

TARAUACÁ: COMUNIDADE ESCOLAR DA RILZA DANIEL VAI REALIZAR PROTESTO EM FRENTE A PREFEITURA

.Em reunião realizada na última semana, a comunidade da Escola Municipal Rilza Daniel, decidiu que se o governo municipal não iniciar os serviços de recuperação de parte do prédio e atender outras reivindicações, as aulas serão paralisada e haverá uma manifestação em frente a prefeitura.

Diretora Áurea Ramos

Para a diretora Professora áurea Ramos existem uma infinidade de problemas acontecendo na escola que dificultam a realização das aulas.  “Já estamos no mês de agosto e além de não termos a solução de alguns problemas que existiam, surgiram outros ainda. Além de problemas na estrutura física, temos ainda a questão da falta de segurança o que tem acarretado problemas como furtos, roubos, ameaças e outras situações por parte de meliantes. A quadra,  por falta de um vigilante está servindo como local para usuários de drogas durante a noite, onde as pessoas utilizavam para praticar atividades esportivas e não estão indo mais com medo de acontecer algo ruim. Há reclamação ainda de superlotação de alunos, o que prejudica a qualidade da educação. A energia elétrica da sala do Programa Mais Educação que funciona de forma improvisada em uma casa alugada em frente à escola estava com o fornecimento de energia suspenso (na publicação dessa matéria, já havia sido resolvido). Já em outro anexo que funciona em um prédio da igreja católica ao lado da escola que atende em torno de 140 alunos divididos nos turnos de manhã e tarde, já solicitaram o local até o final deste mês de agosto. Estamos bastante preocupados, pois a qualquer momento o teto de algumas salas pode desabar e acontecer uma tragédia. Já não sabemos mas o que fazer e nem a quem recorrer”, relata a diretora.

A reunião contou a presença de pais de alunos, lideranças do bairro, dirigentes do Sinteac e vereadores. Representantes da prefeitura foram convidados, porém não compareceram.

Na próxima quarta feira dia 23 de agosto as aulas serão suspensas e estudantes e servidores vão realizar um grande protesto em frente a prefeitura do município para tentar sensibilizar as autoridade. Será também entregue um documento ao Ministério Público.

Com informações do Sinteac

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...