domingo, outubro 25, 2020

Com palestras, XI Semana Acreana da Diversidade tem início na terça (1º) em Rio Branco

A XI Semana Acreana da Diversidade começa nesta terça-feira (1º) em Rio Branco e traz uma série de palestras, exibição de filme e campeonato de futsal. O ponto alto vai ser no domingo (6), último dia de comemoração, com a Parada do Orgulho LGBT do estado, que ocorre no Centro da capital.

A edição deste ano tem o tema “Não é festa, é revolução”, fazendo alusão ao dia da parada, quando comemora-se a data da revolução acreana. O presidente do Fórum Estadual de ONGs LGBTs, Germano Marino, explica que trata-se de um momento de enfrentamento à violência.

“Uma semana de programação, sensibilidade, para que a população da capital possa aceitar o cidadão LGBT no enfrentamento à situação de violência e discriminação. Não podemos mais construir muros, mas alicerces para que possamos viver respeitando as diferenças”, complementa.

O primeiro dia de evento vai ter o lançamento da cartilha sobre direitos LGBT feita pelo Centro de Atendimento à Vítima (CAV) do Ministério Público (MP-AC), além da palestra “A importância do uso do nome social para a dignidade das pessoas trans”, com a psicóloga Roberta Fernandes Souza, integrante do Comitê Nacional LGBT.

Na quarta (2), ocorre a palestra “Por cidades diversas”, ministrada por Marino. No mesmo dia está marcado o lançamento da Copa da Diversidade, campeonato de futsal com a participação de mulheres lésbicas e bissexuais.

Além dessas atividades, a programação inclui ainda uma audiência pública na Câmara Municipal, uma roda de conversa que debate o racismo, machismo, Aids, drogas e LGBTFobia. Na noite do sábado (5), vai haver a Festa da Diversidade, com a escolha da realeza gay e travesti da parada.

Confirma a programação completa da semana:

Terça-feira (1°), a partir das 8h30, no Auditório MPAC – Rua Marechal Deodoro, 472, Ipase, Anexo I:

  • Abertura Oficial da Semana Acreana da Diversidade
  • Lançamento da Cartilha “O que você precisa saber sobre seus Direitos LGBT”, idealizada pelo Centro de Atendimento à Vítima (CAV), do Ministério Publico do Estado do Acre.
  • Palestra: “A importância do uso do nome social para a dignidade das pessoas trans”, proferida por Roberta Fernandes de Souza, transexual, psicóloga, mestre em saúde mental pela Unicamp, vice-presidente do Conselho da Mulher de Goiás, conselheira CONATRAP MJ e do Comitê Nacional LGBT.
  • Palestra: “Fundamentos do estado democrático de direito e o avanço das questões de intolerância e ódio”, proferida pelo procurador de Justiça Sammy Barbosa Lopes, Ministério Publico do Estado do Acre.
  • Entrega do Troféu Rogério Sábio da Paciência, em homenagem a todos os que ajudam no enfrentamento a LGBTFobia no estado.
  • Exibição do Filme “Divinas Divas”, às 19h, na Filmoteca Acreana.

Quarta-feira (2):

  • Palestra “Por cidades diversas” aos funcionários da Secretaria Adjunta da Mulher, da Prefeitura de Rio Branco, proferida pelo presidente do Fórum de ONGs do Acre, Germano Marino, das 8h às 11h na sede da Secretaria Adjunta da Mulher, na Rua Alvorada nº 411 – 1º piso, Bairro Bosque (em frente à Galeria Castro).
  • Lançamento “Copa da Diversidade”, às 19h, na Quadra de Esporte da 6 de Agosto.

Quinta-feira (3):

  • Coletiva Imprensa “O que é legal e o que não é legal na Parada do Orgulho LGBT do Acre”, às 8h, na Fundação Municipal de Cultural Garibaldi Brasil, no Centro de Cultura Thaumaturgo Filho (CCTF) – Rua Luiz Z. da Silva, nº 449, Conjunto Manoel Julião – Estação Experimental.
  • Copa da Diversidade, às 19h, na Quadra de Esporte da 6 de Agosto.

Sexta-feira (4):

  • Audiência pública: “Centro de Atendimento as Vítimas (CAV) e Funcionamento da Rede de Proteção”, às 10h na Câmara Municipal de Rio Branco.
  • Copa da Diversidade; às 19h, na Quadra de Esporte da 6 de Agosto.

Sábado (5):

  • Roda de conversa “Precisamos falar de racismo, machismo, Aids, drogas, deficiência e LGBTFobia”, às 14h no Ilê Asé Osun Ni Ola Orolawo (Casa de Santo de Candomblé), na Rua Anhanduí, n° 827, Defesa Civil. Próximo ao Posto de Gasolina sentido Bairro Jorge Lavocat.
  • “Festa da Diversidade”, às 23h, no Manolo 66 – Estrada da Floresta.

Domingo (6):

  • XI Parada do Orgulho LGBT do Acre, com concentração UFAC Centro (Colégio de Aplicação), às 16h, na Avenida Getúlio Vargas. (Portal G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...