quinta-feira, setembro 24, 2020

ACRE: Tião Viana se reúne com lideranças indígenas e discute políticas públicas

Num momento histórico para os povos indígenas do Acre, o governador Tião Viana participou na tarde desta terça-feira, 20, do Encontro de Líderes Indígenas Com o Governo do Acre, que reuniu 70 pessoas representando as 34 terras e as 15 etnias do estado.

Durante três dias, o Encontro realizado na sede da comissão Pró-Índio do Acre (CPI) tem feito um grande diálogo entre lideranças indígenas e membros do governo do Estado dos setores de meio ambiente, turismo, educação, cultura e produção para discutir a aplicação de políticas públicas, demandas e conquistas destes povos.

“As grandes lideranças, as pessoas de maior autoridade cultural, espiritual e histórica dos povos indígenas do Acre estão reunidas aqui para traçar as principais necessidades para consolidarmos as políticas públicas indígenas do Acre. O governo está fazendo uma parte enorme, mas essa visão de independência e felicidade dos povos também tem que vir deles mesmo”, disse o governador.

Até o fim de 2018, a expectativa é de que o governo de Tião Viana chegue a R$ 75 milhões investidos nos povos indígenas do Acre somando suas duas gestões. Com todos os esforços já somados em todos os setores, as prioridades agora passam a ser uma revolução na educação indígena – incluindo um concurso para professores – e produção rural, com R$ 14 milhões através do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser), além do lançamento de um edital pelo REM/KfW Fase I .

Lideranças ouvidas

“Essa é uma reunião ampla, discutindo diversas áreas, pensando juntos e com uma avaliação positiva”, conta Francisco Pianko (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

As lideranças indígenas presentes também apresentaram demandas ao governador, principalmente as necessidades em relação a criação de marcos legais estaduais, um fundo comunitário e a ideia de uma Comissão Estadual de Educação Escolar Indígena.

Um dos líderes da Organização dos Povos indígenas do Rio Juruá, Francisco Pianko, ressaltou que a gestão governamental presente ao longo dos últimos anos fez um importante reconhecimento dos povos indígenas na construção de políticas públicas de forma parceira. Para ele, o encontro de líderes é um marco.

“Isso é muito importante. Cada governo, nos últimos anos, teve um jeito de se envolver com os povos indígenas. E o Tião Viana tem trabalhado muito para a implantação de projetos dentro das comunidades. Essa é uma reunião ampla, discutindo diversas áreas, pensando juntos e com uma avaliação positiva, orientando os processos de forma coletiva”.

O assessor do governo para Assuntos Indígenas, Zezinho Kaxinawa, ressalta: “O principal objetivo aqui é fazer esse diálogo com os povos indígenas e o governo. São lideranças, representantes políticos, professores, discutindo a melhor forma de esses investimentos chegarem dentro das aldeias”.

Secom/Acre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...