quinta-feira, outubro 1, 2020

TARAUACÁ: ARTIGO – PRECONCEITO CONTRA PORTADORES DE HEPATITE

Hoje vamos falar de um assunto muito comum em na nossa sociedade, o preconceito, onde todos nós somos sujeitos a sentir isso na pele independente da sua cor, raça, religião, opção sexual, condição social.

Devido a um contexto no qual estamos inseridos e isso não é diferente para com os portadores de hepatite. Eles têm vivenciado o preconceito diário em suas vidas, pois de certo modo o portador “se exclui” da sociedade se achando uma pessoa rejeitada pelas outras.

Isso é um mal no qual cabe à todos nós combatê-lo, não só com  portadores de hepatite, mas também junto a pessoas que estão acometidas de DST’s ou outras doenças virais. Sabemos que a falta de informação acaba acarretando o preconceito, porque as pessoas supõem que as hepatites virais podem ser transmitidas através de um simples abraço ou aperto de mão, o que não é verdade.

Temos que despertar o senso comum de que a forma mais eficiente de construirmos um mundo é melhor é aprender a amar o próximo, pois a vida é passageira e tudo começa através do respeito mútuo e assim, podemos conseguir despertar essa força dentro de cada um de nós.

Devemos mais do que nunca, nos dias atuais, combater o preconceito, ajudando essas pessoas que hoje clamam por ajuda. É imprescindível que despertemos para a realidade, pois o que plantamos hoje iremos colher mais adiante, sobretudo nossos filhos, netos e seus respectivos descendentes.

É com este sublime ideal que a APHAC vem desenvolvendo um trabalho social de resgatar essas pessoas para uma realidade bem diferente da que sobremaneira vivem, visando uma condição de vida melhor e uma esperança de cura para elas. Buscando prestar um tratamento digno, orientando essas pessoas ante tudo enquanto seres humanos que são, e mediante isso, merecem respeito e mais que isso, humanismo, resgatando assim os princípios da vida.

Certa de está no caminho certo, a direção da APHAC de Tarauacá acredita ser esta uma mensagem de esperança e se sente feliz em desempenhar esse papel perante a sociedade de modo geral.

Sempre com a premissa de acreditar em um novo amanhã onde prevaleça o respeito, o amor e a união. Sabemos que não se trata de um trabalho fácil, mas unidos vamos iremos conseguir amenizar essa problemática que cotidianamente assola pais, mães e famílias de modo geral. Males que no decorrer do tempo privam de um lar o carinho de uma mãe, a alegria de uma criança, a força de um pai fulminando os esteios do lar, pois muitos não conseguem sequer chegar ao tratamento suficiente para preservar o bem mais precioso que temos a vida. Prevenir é o melhor remédio.

Quero expressar minha felicidade em estar representando a APHAC e poder de algum modo poder ajudar essas pessoas. Faço isso de coração não visando interesses ou vantagens pessoais. Cedi um prédio para desenvolver esse grande projeto.

De forma voluntária disponibilizo meu tempo juntamente com minha esposa que se dedica em atender da melhor maneira possível a esse público alvo.

Busco ao máximo fazer minha parte e cabe a cada um de nós fazer a sua também. Só então assim construiremos um mundo melhor onde possamos amar ao próximo como a nós mesmo.

Não sou portador e sou grato a Deus por isso e ainda mais por me dá condições suficientes em poder ajudar as pessoas que mais necessitam deste bem à vida e à existência, pois apesar de árduo, é muito gratificante par nós enquanto seres humanos. Que Deus possa abençoar  à todos.

ANTÔNIO CARLOS FREIRE DOURADO – Representante da APHAC – Tarauacá

Associação dos Portadores de Hepatite do Estado do Acre – APHAC/Sede Tarauacá

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...