quarta-feira, setembro 30, 2020

Araújo Jordão diz que Rio Branco tem que brigar pensando no topo na Série D

Convidado da edição #16 do programa Arena Mapinguari (veja o programa na íntegra no vídeo acima), do GloboEsporte.com, na última terça-feira (23), o atacante Araújo Jordão, do Rio Branco-AC, fez uma avaliação da estreia do Alvirrubro no Campeonato Brasileiro da Série D, no domingo, quando o Estrelão bateu o São Raimundo-RR por 4 a 3, na Arena da Floresta, na capital do Acre. O camisa 11 destacou que a vitória deve ser valorizada, apesar das falhas que o time cometeu durante a partida.

– É sempre importante a gente iniciar uma competição em nível nacional vencendo. Apesar das dificuldades é um início ainda, então, a gente tem o pensamento de que é uma competição curta e que é decidida em breves jogos, então tem que estar muito atento, cada resultado positivo deve ser muito comemorado, assim também como um jogo em casa não podia ser diferente. A gente fez da melhor maneira que poderia, principalmente a primeira parte, e depois a gente acabou sofrendo um pouco, mas apesar dos pesares, dos males o menor, A gente acabou vencendo e isso tem que ser comemorado – afirmou.

O Estrelão está na liderança do grupo 3 com três pontos. Questionado sobre qual a ambição do clube para a sequência da competição, Araújo Jordão ressaltou que o pensamento é chegar o mais longe possível, de preferência entre os quatro que vão conquistar o acesso ao Brasileiro da Série C de 2018.

Sendo bem sincero, a Série D é um tiro curto. Sei que nós temos que pensar jogo a jogo porque cada jogo é uma história, mas nós temos que pensar no topo. Só vai chegar lá no topo quem pensar nele. Mesmo sabendo que tem inúmeras batalhas, viver jogo a cada jogo, partida a cada partida, decisão a cada decisão. Nós temos que pensar no topo e sair traçando metas pra isso. Foi o São Raimundo, vai ser o São Francisco e depois vai ser o Genus. Temos que trabalhar nessa meta. Meta de pontos, meta de partidas fora e dentro de casa, e pensando, principalmente, no topo. Porque a grandeza do Rio Branco, não é de se pensar que tem que jogar para tentar classificar. Não, nós temos quem jogar para classificar. Apesar de todas as dificuldades que a gente vem passando, por tudo, mas isso aí dentro de campo acaba. Você acaba sofrendo com alguma situação ou outra porque faz parte do futebol. Mas nosso pensamento positivo é de que nós temos que chegar no topo. Nossa obrigação é colocar o Rio Branco o mais perto possível do topo, e o mais perto possível do topo é estar entre os que irão subir. E nós vamos lutar até o final por isso – destacou.

Por GloboEsporte.com, Rio Branco, AC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...