quarta-feira, outubro 21, 2020

ACRE: Deputado Jenilson Leite diz que situação da BR-364 é crítica e pede providências ao Dnit

Na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), nesta terça-feira (2), o deputado Jenilson Leite (PCdoB) falou sobre a situação da BR-364, sentido Rio Branco a Cruzeiro do Sul. Ele frisou que apenas uma equipe está trabalhando na recuperação do trecho. O parlamentar acrescentou que o tempo de viagem para Tarauacá pulou de cinco horas para doze horas, devido as condições da rodovia.

“Queria relatar algumas questões, a primeira dela é a questão da BR-364. Eu fui registrando até o Liberdade os trechos mais críticos da BR. Eu pensei em dar um tempo para que a equipe do Dnit fizesse a recuperação. Mas já está com um bom tempo que o Dnit assumiu e não fizeram ainda a manutenção. Eu encontrei apenas uma equipe trabalhando até o Liberdade. Não tem condições de fazer estrada desse jeito. ‘Ah, a culpa é de quem fez a BR malfeita’. Mesmo assim ela tinha manutenção e a gente gastava cinco horas até Tarauacá, agora gastamos 12”, completou.

Jenilson Leite disse, ainda, que sobre o tema não cabe fazer politicagem. “O trecho está muito ruim, não estou fazendo politicagem. Estou cobrando aqui o que a população está sentindo. Depois que fiz uma postagem no Facebook, chegou a informação que agora em maio vão recuperar. Não vou mais falar desse tema. Mais de 600 quilômetros e só encontrei uma equipe trabalhando. A população de lá está sofrendo muito”, argumentou.

Ao finalizar, o deputado comunista parabenizou os prefeitos Romualdo de Souza, do Bujari; e Élson Farias, de Jordão; pela passagem do aniversário desses municípios. “Quero finalizar dizendo que estive participando do aniversário de Jordão e do município do Bujari. O prefeito do Bujari, Romualdo, mesmo com as dificuldades financeiras, já está conseguindo cuidar da população”, disse o parlamentar.

Em relação a Tarauacá, ele citou que a situação não é das melhores no tocante a política local. “Sobre Tarauacá, a situação não está fácil, nenhum prefeito encontrará facilidade, mas em Tarauacá está muito difícil. O presidente do PP entregou todo o esquema, com nota fiscal e tudo. Ele que era testemunha de defesa da Marilete, acabou entregando todo o esquema de compra de votos”, pontua.

Fonte: Agência Aleac

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

Vereadores de Jordão apresentaram mais de 300 proposições legislativas em 2019

Os parlamentares de Jordão, no interior do Acre, concluem 2019 como um dos anos mais produtivos da história política da cidade. Os edis apresentaram...