domingo, outubro 25, 2020

Prefeitos buscam apoio do governo para manutenção dos ramais

O governador Tião Viana recebeu na noite de segunda-feira, 18, na Casa Civil, a representação da Associação dos Municípios do Acre (Amac) com os prefeitos das 22 cidades do estado, que vieram pedir apoio ao governo para a manutenção dos ramais nos municípios.

Mesmo sendo responsabilidade direta das prefeituras, o governador se comprometeu em ajudar e a encarar os desafios que o setor poderá enfrentar, dado o corte de mais de R$ 70 milhões efetuado pelo governo federal no repasse de verbas destinadas à infraestrutura.

O recurso proposto pela bancada do Acre em Brasília era de R$ 154 milhões, dos quais apenas R$ 73 milhões foram aprovisionados para 2018.

“Esse recurso não vai resolver na íntegra a questão dos ramais nos municípios, mas trará um alento. O governador demonstrou o esforço do Estado, e esse encontro com as prefeituras resultou num consenso de uma parceria entre o governo, a bancada federal e as prefeituras para avançarmos nessa demanda”, disse o diretor do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), Cristovam Moura.


Prefeitos dos 22 municípios do estado pediram apoio do governo para a manutenção dos ramais (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Tião Viana reafirmou o apoio do governo aos prefeitos e foi a Brasília nesta terça, 18, para uma nova agenda junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), para tratar da questão.

“As prefeituras são o grande porta-voz do sentimento popular, e a questão dos ramais é muito relevante para a gente”, destacou Viana.

Acessibilidade e escoamento da produção

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, falou sobre as dificuldades que as prefeituras enfrentarão em razão do corte efetuado pela gestão federal e a previsão de liberação para o ano que vem.

Além das questões de acessibilidade, a manutenção dos ramais é de extrema relevância para o escoamento da produção rural.

“Nós agora precisamos avançar para darmos respostas aos produtores rurais. Em Rio Branco tivemos um inverno rigoroso, pois foram três meses de chuva, que é como se fosse o ano inteiro. Agora o governador, muito parceiro, vai buscar recursos em Brasília, como sempre tem feito, para podermos avançar com a manutenção dos ramais”, destacou o prefeito.

A presidente da Amac e prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, destacou que neste momento será muito importante contar com a parceria do governo.

“Nós viemos até o governador para pedir parceria nessa questão. Ele destacou sua luta para a aquisição de recursos perante os órgãos federais, e tendo êxito, vai nos ajudar com a questão do óleo e também com a concessão de máquinas, como é o caso do meu município, Tarauacá”, disse a prefeita.

www.agencia.ac.gov.b

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Cel. Ulysses será o vice de Minoru Kinpara e Major coordenadorá a campanha do ex-reitor da Ufac

Pedro Valério continua presidente regional do PSL no Acre e as candidaturas do interior tanto para o legislativo, como para o executivo será coordenada...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...