TARAUACÁ: “MORTOS VIVOS” (ARTIGO – RAIMUNDO ACCIOLY)

Hoje a tarde fui ao Hospital Sansão Gomes ajudar um amigo q precisava de uma carona.
 
Derrepente chega uma caminhonete e dela descem vários garotos, todos algemados, acompahados de policiais.
Eles foram ao hospital para fazerem exame de corpo de delito e de lá seguiram para o presídio Moacir Prado.
Uma cena muito triste para todos que estavam lá.
Rapazes aparentemente saudáveis que as familias e a sociedade estão perdendo para o “mundo louco das drogas”. 
A droga leva ao vício, que leva ao crime, que leva à cadeia…..que destrói a dignidade das familias. 
Os jovens nem percebem que se tornam “Mortos Vivos”. É a degradação humana. 
A família e o estado com todos os seus aparatos, estão perdendo seus filhos para crime. 
Os Tarauacaenses estão estarrecidos com o que está acontecendo aqui no município. 
Meninas e meninos de 12 anos de idade assaltando com arma de fogo para alimentar o vício. 
Jovens se “batizando” em grupos e elegendo outros como inimigos de morte. 
A droga seria a mãe de tudo isso?
Muito fácil a gente simplificar as justificativas e culpar a meninada.
Tenho informações que na zona rural do município a realidade é a mesma.
A PERGUNTA É….
O QUE PODEMOS FAZER PRA MUDAR ESSA SITUAÇÃO.
Se me perguntarem….Juro que ainda não sei.
(Raimundo Accioly – professor e comunicador)

 VERSÃO DA POLÍCIA 
Ação conjunta da Polícia Militar com a Polícia Civil da cidade de Tarauacá resultou na prisão de 06 acusados por crimes de ‘tráfico de droga’, ‘associação para o tráfico’ e ‘receptação’. 
O delegado Jose Obetânio lavrou auto de prisão em flagrante em desfavor dos acusados e na tarde de hoje (sábado – 10.02) foram decretadas as prisões preventivas. 
De posse dos mandados de prisão o delegado encaminhou os acusados para o presídio Moacy Prado. 
São eles: Bertone da Silva Lessa, 37 anos, acusado  de crime de recepção, Vinicius da Costa Cabral, 19 anos, acusado de crime de tráfico de drogas e tentativa de homicídio, Elivaldo de Alencar Barbosa , 24 anos, Luiz Eduardo Cacau Cruz, 20 anos, Iranildo da Silva Cacau, 18 anos e Douglas de Alencar Barbosa, 19 anos, todos acusados de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *