TARAUACÁ: MULHER É ASSASSINADA PELO EX-COMPANHEIRO EM QUARTO DE HOTEL

Maria Aparecida de Olinda Souza, 38 anos, natural de Feijó, foi assassinada na noite deste sábado (18) em um dos apartamentos do Novo Hotel, localizado no centro de Tarauacá. A camareira do hotel a encontrou sem vida na manha deste domingo e acionou a Policia Civil. Policiais foram até o local, constataram que se tratava de um possível homicídio e logo saíram a procura do principal suspeito.

Raimundo Nonato Araújo Souza confessou o crime

O ex-companheiro de Aparecida, Raimundo Nonato de Araújo Souza, 51 anos, morador do Beco do Pires, Bairro Copacabana, foi preso no próprio bairro e confessou ser o autor do crime. Contou que Aparecida estava tentando reatar a relação que os dois tiveram durante muito tempo e estavam separados. Ontem a noite o casal se encontrou num dos clubes da cidade e combinaram que iriam para um um quarto de hotel. Lá conversariam e possivelmente recomeçariam uma nova vida. Raimundo disse que ao invés de amor, iniciaram mesmo foi uma discussão muito forte e chegaram a ir às chamadas vias de fato. Foi aí que ele a asfixiou até a morte, usando o lençol da cama do hotel.

O Delegado José Obetânio está cuidando do caso e Raimundo poderá ser enquadrado no crime de Feminicídio, que é o homicídio doloso praticado contra a mulher por “razões da condição de sexo feminino”, ou seja, desprezando, menosprezando, desconsiderando a dignidade da vítima enquanto mulher, como se as pessoas do sexo feminino tivessem menos direitos do que as do sexo masculino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *