Funcionários dos Correios no Acre encerram greve e serviço deve normalizar nesta segunda-feira (9)

Os funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos no Acre suspenderam a greve da categoria inciada no último dia 21. A decisão foi tomada em assembleia geral na sexta-feira (6) e os trabalhos vão ser retomados já na segunda-feira (9).
Por unanimidade, eles aceitaram a proposta do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que garantiu a manutenção de alguns benefícios e concedeu aumento.
Na proposta, o TST garantiu aumento salarial de 2,07%, retroativos a agosto deste ano. Além disso, benefícios como plano de saúde, auxílio-alimentação e outras causas sociais foram mantidas. Os trabalhadores também foram contemplados com a compensação dos dias em que eles ficaram parados após adesão ao movimento, que também era nacional.
“Nossa greve foi muito honrosa, tivemos ganhos reais. A preocupação é manter esses serviços à sociedade e combater a tentativa de terceirização e privatização. Isso mantém a integridade dos trabalhadores da empresa. É um serviço público que a população não pode deixar de adquirir”, destaca Edson Pinheiro, presidente do Sindicato dos Correios e Telégrafos do Acre (Sintec-AC).
O sindicalista afirma que durante o movimento 80% do efetivo por unidade foi mantido nos postos de atendimento dos Correios. Dos 361 funcionários no Acre, 20% aderiram o movimento. Pinheiro explica que o atraso na entrega de cartas e outras encomendas pode ocorrer porque o envio para o estado não foi feito pelas unidades que aderiram ao movimento em outros lugares do país.
Apesar disso, o presidente do Sintec-AC afirma que um mutirão será realizado no próximo sábado (14) para garantir a entrega aos destinatários. “Até o fim do mês essas encomendas vão ser entregues aos clientes. No próximo sábado já iniciamos a compensação. Quem trabalha de segunda a sexta vai atuar seis horas no sábado. Já os que ficam se segunda a sábado, vai trabalhar duas horas”.

Movimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *