SENA MADUREIRA: Radialista do município fala da luta contra o câncer e realiza bingo

O radialista, assistente social e pai de família em Sena Madureira, Carlúcio Lopes Roque foi diagnosticado com câncer no brônquio do pulmão direito ainda no início do ano de 2017, ele segue com tratamentos químicos e muita força para combater uma das doenças que mais agride o corpo humano nos últimos séculos.

Roque saiu da cidade de Sobral, no Estado do Ceará, e chegou ao município de Sena Madureira com a família no ano de 1997. O cearense e acreano de coração afirma que já faz parte do Estado e criou raízes.

Carlúcio, após o final do ano de 2016, teve que se locomover até a capital acreana para realizar exames, no intuito de entender o que estava por trás de um diagnóstico inicialmente feito por outro médico, que atestava ser pneumonia. Ao receber a notícia sobre a real doença, afirmou: “Demorei a me dar conta, mas quando percebi, quis desmoronar. Deus me sustentou”.

Desde o mês de janeiro, Lopes se submete a uma série de exames e medicações, incluindo quimioterapias e radioterapias para vencer a doença. “Quando comecei a perceber que estava com câncer, parece que o mundo foi se fechando na minha frente. Acredite, não é fácil. Vi que ainda tinha um filho de 3 anos para criar, ver crescer e também precisava dar apoio a minha família [referindo-se a esposa, mãe e irmãos]. Nessas horas, mesmo vindo o desespero, eu percebi que a graça de Deus se manifestou nas minhas fraquezas”, disse.

Devido algumas necessidades, como o pagamento de estadia na capital para a realização dos procedimentos médicos, custeamentos de serviços particulares, tendo em vista a demora do serviço público e a urgência no andamento do tratamento, a família e alguns amigos se mobilizaram para juntar recursos financeiros no município e ajudá-lo.

A esposa dele, Fabrícia Roque, que o acompanha nos consultas e terapias periódicas, disse que o amor permite a entrega. “O amo muito e sei que, mesmo com todas as dificuldades, venceremos, com Deus, pois nele é que depositamos toda a nossa confiança”, explicou.“Sou muito grato à minha família, meus amigos e a população de Sena Madureira, que de alguma forma contribuiu para minha saúde. Não sei como agradecer. Deus irá retribuir, certamente”, disse.

Ainda esta semana, Roque comprou um celular para fazer um bingo e arrecadar fundos para o pagamento das despesas na Capital, onde aguarda o tempo necessário para ser curado. “Precisamos encontrar formas de facilitar a nossa vida. Eu luto pela minha cura, que será dada por Deus. Acordar todos os dias com esperança é o que me mantém de pé e me faz chegar aos lugares que sozinho eu não conseguiria, mas com Deus, eu chego”, enfatizou.

De acordo com ele, alguns ‘milagres divinos’ já aconteceram, porque o tumor, mesmo estando em uma região complexa, que compromete de alguma forma o funcionamento do pulmão, não o impede de respirar. Além disso, os médicos afirmam, a partir da coleta de sangue, que o tratamento está ocorrendo de forma satisfatória.

“Nessa situação eu consigo entender a misericórdia de Deus. Ele não me abandonou e opera milagres todos os dias, mesmo que eu, pequeno, não entenda os seus propósitos. Eu escolhi confiar e esperar”, concluiu.

Interessados em ajudar com contribuições financeiras podem entrar em contato pelos números: (68) 999925231 ou (68) 99921-9196. É possível, também, ajudar com quantia bancária: Conta 9575-2/Agência 3340 Op/ 013 Caixa Econômica Federal – Carlúcio Lopes Roque.

Do site ContilNet

=

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *