TARAUACÁ: Muita gente de olho numa possível nova disputa da prefeitura do município

Apesar do Ministério Público Eleitoral ter dado um parecer favorável pela manutenção da aprovação das contas de campanha da prefeita Marilete Vitorino (PSD), já existem articulações para uma possível nova eleição no município. Os diversos grupos políticos, segundo o que me contou o deputado estadual Jesus Sérgio (PDT), estão mobilizados caso a prefeita seja cassada e haja uma nova eleição. Sobretudo, a FPA acredita que a denúncia do coordenador financeiro de campanha de Marilette, Grandi Almeida, de distribuição de gasolina no dia da eleição possa prosperar na Justiça Eleitoral. Se isso acontecer três grupos políticos de Tarauacá devem indicar candidatos, o do ex-prefeito Vando Torquato (PR), o PC do B ou o PT e a oposição.

Mais um abacaxi
Enquanto isso segue na Justiça um processo relativo aos recursos da construção de uma creche nos tempos em que Marilette foi prefeita em substituição ao Vando. O dinheiro teria sido antecipado para uma empreiteira que não realizou a obra.

Já é outro caso
No entanto, se Marilette, por ventura, for condenada nesse processo por improbidade administrativa só ela perderia o cargo. O vice, Chico Batista (PP) assumiria a prefeitura. Só haverá eleição em caso de condenação na Justiça Eleitoral.

Reviravolta
Essa posição do MPE de indicar a aprovação das contas de campanha de Marilette praticamente é um salvo conduto. Dificilmente a Justiça Eleitoral irá contra o parecer do Ministério Público. É aquele negócio, o melhor é ganhar eleição nas urnas porque depois a coisa fica complicado. Não acredito na queda da prefeita de Tarauacá, em nenhum dos processos em andamento. Mas tudo pode acontecer debaixo do sol.

Longe dos palcos
Ainda sobre Tarauacá duas informações importantes, segundo as minhas fontes. O ex-prefeito Rodrigo Damasceno (PT) não pretende mais disputar eleições. E no próximo pleito no município, seja qual for, o PC do B, deverá indicar o candidato a prefeito da FPA.

Continue lendo a Coluna do Nelson Liandro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *